Beitia: "Meu único Capricho É Beber Um Gin-tonic Com Os Amigos Depois Do Jantar" 1

Beitia: “Meu único Capricho É Beber Um Gin-tonic Com Os Amigos Depois Do Jantar”

Por

Tenha engordado um quilo, tem permitido algum gin-tonic depois do jantar e pratique tênis, skate, bicicleta, remo, surf e caminhadas. Apenas duas semanas após sua retirada, a campeã olímpica de altura, Ruth Beitia, não tem tempo pra ficar entediado e foge de “cair em tentação” do salto. Beitia numa entrevista com a EFE no fim da carreira, em madrid.

Beitia não tem alterado substancialmente o seu regime. As horas que antes ocupava o treinamento das dedico nesta hora pra prosseguir fazendo atletismo ou a natação. Os médicos me apresentaram a prosseguir fazendo alguns pesos para não perder a musculatura de golpe. Continuo treinando no mínimo um par de dias com o grupo, na academia, fazendo musculação com Saleta (Fernández, assim como saltadora em altura).

Mas o salto acabou para ela. Desde aquela data, Beitia iniciou um período estupendo de títulos e medalhas internacionais, que culminou, no ano passado, com o ouro olímpico do Rio de janeiro. Beitia teve o cuidado, todavia, de preservar as sapatilhas com as que obteve o ouro olímpico. Agora mudou o impulso vertical, o deslocamento horizontal. O esporte, que tem presidido a tua existência desde os 10 anos, ainda muito presente no seu trabalho diário. Duas semanas após tua aposentadoria oficial, Ruth Beitia não tem tempo pra continuar entediado.

No preâmbulo do Estatuto, dizia-se que o Estado, pra ser democrática precisa de apoiar-se em municípios livres, entretanto os prefeitos continuaram a ser nomeados pelo Governo, e não eleitos pelos vizinhos. Outro passo no “descuaje do caciquismo” foi a dissolução das deputações provinciais, em janeiro de 1924, com a exceção das do País Basco e de Navarra. Uma potência política, que não a viver os objectivos e as políticas a passar, contudo que se fizesse cargo da administração do Estado, levando à prática o lema da espanha de “menos política, mais administração”.

  • Não. 102 “O primeiro dia”
  • Terceiro hábito. Defina primeiro o primeiro
  • 500 pivôs se adicionarão aos 2.800 imediatamente instalados
  • 54% melhoraram a velocidade da marcha
  • Sobremesa: 1 ou dois peças de fruta
  • um de setembro de 1991: Schroeder torna-se o porta-voz nacional do mês do piano
  • divirta-se no momento em que você fizer exercício

foi Assim que nasceu em abril de 1924, a União Patriótica, se bem que as primeiras “juntas patrióticas”, surgiram de modo espontânea, nos círculos do catolicismo político. Primo de Rivera definiu a União Patriótica como “um partido central, monárquico, temperado e serenamente democrático” e, mais tarde, dotou-o de um trilema, ao jeito carlista: “Pátria, Religião e a Monarquia”. O jogo se integraram pessoas provenientes da direita tradicional católica (antiliberal e antidemocrática), do “maurismo” e de outros setores conservadores, “apolíticos” de todo tipo e também descomplicado oportunistas.

Associação Católica Nacional de Propagandistas, que encabeçava Anjo de Herrera Oria, e que precisamente havia sido a organização que havia impulsionado as primeiras “juntas patrióticas” com o término de conceber o extenso partido da direita católica. A apoio da União Patriótica foi fundamentalmente recinto e provincial, e a Diretoria Nacional construída em 1926 nunca teve umas funções muito precisas.

Mais relevante como aglutinante do jogo foi o papel do jornal O país, o órgão de imprensa, da União Patriótica sustentado com fundos da Administração. No Manifesto de treze de setembro fazia fonte à descarada propaganda separatista como uma das justificativas do golpe. Cinco dias depois, o Diretório promulgado o Decreto de 18 de setembro de 1923 contra o “separatismo”, que prevê penas rigorosas pros “crimes contra a segurança e a unidade da Pátria”, julgados por tribunais militares.

Na Catalunha, logo se fez patente o defeito da catalunha de apoiar o golpe de Primo de Rivera, pelo motivo de este levou a cabo neste instante uma política de perseguição do catalanismo. Essa política gerou vários conflitos com imensas corporações catalãs e entidades catalanistas que resistir a aceitá-la, e algumas delas encerraram sendo fechadas, temporária ou obviamente. Foi o caso, a título de exemplo, de alguns locais da catalunha que foram fechados e o seu jornal Veu de Catalunya, que foi suspenso temporariamente. Depois do desaparecimento da Mancomunitat, as alegações do Primo de Rivera a respeito da cultura, a identidade, a língua e as corporações da Catalunha foram crescendo em virulência, manifestando-se inteiramente contrário a cada tipo de independência regional.

Como observou a historiadora Ana Garcia Queipo de Llano, “Primo de Rivera ofendeu não apenas a grupos políticos, mas de toda a sociedade catalã”. Assim, foi-se produzindo um distanciamento cada vez superior entre a Catalunha e a Ditadura, aumentando progressivamente os conflitos.